A Diferença entre protestante e o evangélico


Onde está o coração de Bush?

Ele se denomina protestante, mas é considerado por muitos a encarnação do próprio mal. Onde está o compromisso do protestante em protestar contra o mal, contra o errado?

E você, tem agido em coerente com o que se denomina ou fala uma coisa e vive outra? Leia o artigo abaixo e saiba se você é…

Protestante ou Evangélico

Pelo Rev. Silas Rebouças Nobre*

O nome protestante nasceu na Alemanha por ocasião da Segunda dieta (concílio) de Spira em 1529. Naquele momento, os líderes seguidores do movimento de reforma da igreja protestaram contra a discriminação e a falta de liberdade religiosa. A palavra protestante deriva do latim. A preposição “pro” significa “para” e o infinitivo “testare” significa “testemunho”. Assim a palavra significa “aquele que testemunha ou protesta”. O protestantismo nasceu na Alemanha, tendo Martinho Lutero como fundador de uma reforma religiosa.

O protestantismo tem sido o segundo maior seguimento do cristianismo mundial. Durante séculos, o nome protestante designava um cristão que além de não ser católico romano, mantinha-se firme na postura de reconhecer as sagradas escrituras como sua última autoridade em matéria de fé e comportamento.

A religião protestante não é um mero protesto contra o falso ensino, a corrupção e a superstição vivida pela igreja católica romana do século XVI. Significa protestar contra o erro em todo lugar e tempo necessário. Implica em evocar o fiel ensino das sagradas escrituras, contra a igreja romana e contra todo ensino falacioso que leva a pessoa a viver uma vida religiosa distante de Deus e da sua palavra inspirada.

No atual contexto evangélico brasileiro se faz necessária outra reforma religiosa, visto que tantas coisas combatidas pelos reformadores do passado estão sendo adotadas nas igrejas chamadas evangélicas. Em muitos segmentos evangélicos existe um sincretismo de tal proporção que não se sabe mais a identidade religiosa a que pertence.

Existem práticas de espiritismo, de curandeirismo, de superstição, de auto-sugestão e de auto-ajuda, muito mais do que pregação bíblica. Certas igrejas evangélicas mais parecem um teatro ou mesmo um mercado, do que um lugar de adoração a Deus e ensino de sua palavra. O nome evangélico ocupou o lugar do nome protestante de outrora. Não era para menos, afinal o que se protesta desde então?

O que mais se vê nas igrejas e nos líderes conhecidos pela mídia, são concessões políticas e jogo de interesses. Tem sido aceito o mercantilismo gospel, a graça barata do tudo posso em nome da liberdade concedida por Cristo. É a banalização da fé com a filosofia de auto-ajuda à busca pelas benesses deste mundo. Da propaganda da teologia da prosperidade à busca pelo poder político, pela fama, pelo prestígio, pela riqueza, pelo status, pela opulência e a vaidade. Tudo como sinal de bênção e da prosperidade oferecida por Deus. Todo esse pacote vem envolto numa embalagem de muito carisma, porém desprovida de caráter.

Quem analisa seriamente a igreja evangélica de hoje, não poucas vezes sente vergonha de ser evangélico. Na verdade, protesta ao ser identificado como evangélico, em cujo o bloco comporta tantas coisas que o protestantismo historicamente condenou. O protestante de verdade não compartilha com tanta falta de ética e de vergonha. Não se cala diante da hierarquização imposta por líderes donos de empresas religiosas, que comumente levam o nome de ministério. Na verdade, o protestante também reconhece que seria injusto chamar de protestante a muitos dos seguimentos evangélicos existentes no Brasil.

* Rev. Silas Rebouças Nobre é bacharel em Teologia pelo SPN, em História pela UFES, pós-graduado em Teologia Histórica pelo CPAJ (Andrew Jumper) e mestre em Ciências da Religião pela UCG. É professor coordenador do departamento de história eclesiástica do SPBC e pastor da Igreja Presbiteriana de Vila Morais em Goiânia GO, (62) 3202-4237 e 8171-8082.

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s