Ode à #Hiperatividade


Autor: @wporfirio

Ah #Hiperatividade ainda faço-te uma ode twittica em sua homenagem

Cantarei-te tweet a tweet, pois preciso vencer o dilema de amar-te ou matar-te

Consomes minhas noites como um cigarro, acabas-me como um câncer! O q seria de minha criatividade sem ti?

De longe vejo a luz da idéia, guiada pela mão firme da #Hiperatividade. Na outra mão ela traz o elixir do poder sobre a noite

Meus olhos trêmulos começam a acertar o foco sob a luz da #Hiperatividade e finalmente consigo ler “BEBA RITALINA E MATE-ME”

RITALINA é o nome do veneno, o algoz da minha bênção. O furor da minha vida notivaga, a inspiração morrerá sem #Hiperatividade

Sinto o meu poder se esvair dando lugar ao sono, a efemeridade de uma noite improdutiva, etéril e vil

Antes, 140 idéias era pouco

Agora, 140 caracteres é muito

Antes, #Hiperatividade

Agora, #Miniatividade

Antes, poder

Agora, sono

Sou réu confesso

Que ela descanse em paz

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s