Projeto Vila Cultural: Até que fim, Teatro Goiânia é reinaugurado!


Uma notícia que vem alegrar a todos os amantes da arte em Goiás e que esperam ansiosos pela concretização das obras do projeto “Vila Cultural”

Foto de divulgação

Segundo Marcellus Araújo, do Jornal Opção,desde fevereiro de 2008, o Projeto Vila Cultural é uma conversa — sem tijolo algum.” (27/11/2010).

Mas parece que finalmente alguma coisa vai acontecer: Soube hoje, pelo NEWSLETTER GYN CULTURAL*, do Gilson Borges, que o Teatro Goiânia será reinaugurado. Depois do Teatro In-acabado ter sido acabado, essa era a notícia que faltava. Nossa capital carece de espaços artísticos e ficar sem o Teatro Goiânia é realmente muito ruim.

Faço votos para que tanto o Governo do Estado quanto o Municipal terminem logo as obras da Vila Cultural, para que, não somente preservem, mas revitalizem o nosso conjunto arquitetônico, transformando o Centro de Goiânia em uma verdadeira “vila da cultura, onde a população encontre de forma generosa a arte goiana, nacional e até internacional.

Leia a notícia na íntegra:

Teatro Goiânia É Reinaugurado

A Agência Goiana de Cultura Pedro Ludovico Teixeira reinaugura o Teatro Goiânia, no dia 28 de dezembro, às 20 horas, com um concerto de gala da Orquestra de Câmara Goyazes, músicos convidados de Brasília, solos do barítono Renato Mismetti e do pianista Maximiliano Brito. A regência será do maestro Eliseu Ferreira, que selecionou para a noite especial clássicos da música erudita.

A primeira parte do espetáculo será dedicada à obra de Heitor Villa-Lobos, Camargo Guarnieri, Ruggero Leoncavalo, Pietro Mascagni, Modest Mussorgsky e Dmitri Schostakovitch. Após o intervalo, a orquestra interpreta composições contemporêneas do norte-americano George Gershwin.

Projetado pelo arquiteto Jorge Félix de Sousa, com a colaboração de José Neddermeyer, numa área total de 1.534,35 m2, o Teatro Goiânia passou por uma ampla reforma e restauração de suas dependências.

A restauração e reforma do Teatro Goiânia consumiu um ano de trabalho ininterrupto contemplando todo o prédio, construído nos anos 1940. Do telhado, parte elétrica e camarins à pintura externa, tudo foi reformado no teatro, que ganhou saídas de emergência e acesso para portadores de necessidades especiais, novos sistemas de iluminação e sonorização cênica, ar condicionado, e uma série de outros reparos importantes para o seu funcionamento.

Fosso da orquestra

A pintura interna e externa do prédio obedece às cores originais, da época de sua inauguração, no dia 5 de julho de 1942, feita em três tonalidades de cinza. A reconstrução do fosso da orquestra é uma das novidades aguardadas pelos músicos. O fosso construído no projeto original fora extinto nas reformas anteriores realizadas no teatro.

Todas as 718 poltronas foram substituídas, assim como o piso em carpete e as vestimentas do palco. Espaço e banheiro para cadeirantes e acessibilidade total para a plateia são as outras novidades do teatro. O azul da decoração anterior deu lugar ao vermelho, cor marcante dos espaços teatrais.

Considerado uma obra-prima do estilo art decó, tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, em 2003, o Teatro Goiânia é um dos cartões postais da capital e um dos espaços teatrais preferidos dos artistas, pelas suas excelentes qualidades técnicas, acústica e localização.

* Gyn Cultural é um boletim informativo semanal, destinado à divulgação de eventos culturais em Goiânia. Caso você não queira mais recebê-lo, basta responder a este e-mail, expressando sua intenção. Qualquer solicitação de divulgação pode ser feita diretamente pelo e-mail gilson_borges@hotmail.com

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s