Guerra humana contra os “inimigos do cristianismo” não adianta nada e ainda piora o ódio contra a Igreja.


Sobre a briga entre religiosos e o movimento homossexual

Silas-Malafaia-e-Jean-Wyllys-480x243

Estou cansado de ver líderes religiosos atacando os líderes do movimento homosexual no Brasil e pelo mundo. As armas do verdadeiro cristão são outras. Será que é isso que a Bíblia ensina? Então vejamos:

“Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” Efésios 6:12

“A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.” Provérbios 15:1 

“Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.” Mateus 5:11

Parece que as igrejas evangélicas estão vivendo num mundo muito distante dos ensinamentos bíblicos acima. Na teoria usam a Bíblia para dizer que “O Senhor é o meu pastor”, mas na prática dizem que “A justiça humana é o meu pastor”. Tem nome para isso: religiosidade vazia. Estamos criando pessoas para serem religiosas, mas não para seguirem as Escrituras.

Só sinto muito pelas igrejas e pelos crentes que estão encampando campanhas de “cassa as bruxas”. Eu sei, é difícil dar a outra face, mas devemos fazer em obediência ao que o Mestre Jesus mandou.

As armas do crente são outras. Não podemos nos conformar com o presente, com este mundo, mas devemos agir em amor. Devemos amar nossos inimigos e orar pelos que nos perseguem.

Oremos pelo Deputado Jean Wyllys, pois ele é amado de Jesus. Oremos para que a Graça o alcance e o liberte, como libertou a cada um de nós, que antes andávamos mortos em nossos próprios delitos e pecados. Oremos para que ele veja que a Bíblia é a Palavra de Deus, com os ensinamentos para a vida em abundância.

Saulo tb perseguia a Igreja sem saber q estava perseguindo o próprio Messias. Se preciso for e se esta for a vontade de Deus, que saibamos entregar nossos corpos para ser apedrejados como fez Estevão. E que façamos tudo por amor aos que se perdem.

Que o Senhor tenha misericórdia de seus filhos que ainda não sabem como guerrear contra o verdadeiro inimigo de nossas almas. Que o Senhor use sua igreja somente para ser bênção no resgate e restauração de todos os que seguem perdidos sem Jesus. Que gastemos nosso tempo tentando resgatar os doentes de alma, os fracos, os oprimidos, os órfãos, as viuvas, os que estão cansados e desesperados. Pois essa é a vontade de Deus.

Também já pensei assim como religioso, mas fui liberto. Eu achava que tínhamos q “brigar por nossos direitos”. Porém, o Senhor mudou minha mente e me mostrou que, quem defende a Igreja do Senhor é o Leão de Judá. Mesmo se todos os movimentos anti-cristão se juntarem para destruir a Igreja, eles não conseguiram e as portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja do Senhor.

Então, não temos que nos preocupar em defender a Igreja. Que o Senhor pacifique o coração desses religiosos que ainda não conhecem o amor de Deus ou que perdem seu tempo não pregando o verdadeiro evangelho da salvação por meio de Cristo Jesus. Que o Senhor repreenda os líderes religiosos católicos ou evangélicos para que parem de incitar as pessoas a participarem de guerras humanas contra homens.

Um comentário sobre “Guerra humana contra os “inimigos do cristianismo” não adianta nada e ainda piora o ódio contra a Igreja.

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s