Suspeita de Fraude na Petição Pelo Pedido de Impeachment no Avaaz


O curioso caso de crescimento baixo da petição pelo impeachment de Dilma no Avaaz

impeachment-avaaz5É muito estranho que essa petição no Avaaz não consiga passar dos 2 milhões de votos. Ela foi criada em 17 de junho de 2013, segundo mostra a pesquisa no Google. Veja o print abaixo. Ou seja, no auge das Manifestações de Junho de 2013 (A Revolta do Vinagre).

impeachment-17-06-2013

O link da pesquisa é: petição Impeachment da Presidente Dilma – Avaaz

A partir de janeiro de 2015, a petição voltou a circular pelas redes sociais e pelo WhatsApp.

IMG_0617

Já no domingo resolvi assinar a petição e dei print da tela da contagem de votos:

impeachment-avaaz1 impeachment-avaaz2.pngA 1h47 de 09/02/2015, a petição tinha 1.583.645 votos. As 9h27 do mesmo dia, a petição tinha crescido só 1.252 votos. Obviamente que de madrugada os acessos caem muito. Mas vamos continuar acompanhando.

impeachment-avaaz3Esse último print foi feito na sexta-feira, 12/02/2015, às 15h08. Ou seja, o movimento de votos durante a semana foi de menos de 300 mil votos, o que dá uma média de 60 mil votos por dia.

A minha desconfiança se dá pelas notícias de que o Avaaz é controlado no Brasil por uma pessoa ligada ao PT. Veja a notícia em http://www.jornaldamidia.com.br/noticias/2014/10/28/Blog_do_JM/Avaaz-acusada-de-fraudar-contagem-do-pedido-de-impeachment-de-Dilma.shtml

Segundo a notícia do JornaldaMidia.com, o Avaaz é uma organização dirigida no Brasil por Pedro Abramovay, ex=secretário nacional de Justiça do Governo Lula e indicado para a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas no governo Dilma.

Segundo a notícia do JornaldaMidia.com, o Avaaz é uma organização dirigida no Brasil por Pedro Abramovay, ex=secretário nacional de Justiça do Governo Lula e indicado para a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas no governo Dilma.

Ainda segundo a notícia site JornaldaMidia.com, há suspeitas de que fraudaram o contador não só nesta petição, quanto em outras petições também. Para se defender, o Avaaz soltou um comunicado de que colocou a petição em votação entre os seus 39 milhões de membros ao redor do mundo e que, se mais de 50% desses membros anônimos votarem pela retirada da petição, a petição pode sair fora do ar. Veja em: https://secure.avaaz.org/act/media.php?press_id=620

impeachment-avaaz6

Ou seja, suponhamos que a petição consiga chegar perto ou alcançar sua meta: 5 milhões de assinaturas, se os membros anônimos do Avaaz, determinarem que essa não é uma petição “bacana”, ela sai fora do ar.

CONCLUSÃO:

Se os manifestantes estão buscando uma ferramenta eletrônica para colher assinaturas de uma petição, escolham outra, pois o Avaaz não vai trabalhar pelo impeachment da presidente Dilma.

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s