Breve Reflexão Sobre os Saídos das Igrejas


Captura de tela 2015-03-05 01.00.44

POR QUE NÃO EXISTE DESIGREJADO?

FACEBOOK 2

Não uso mais o termo desigrejado, pois realmente ele é pejorativo e não corresponte a realidade. Já cometi esse erro, mas com o tempo a gente aprende que: quem é “Igreja” (Corpo de Cristo, filho), não deixa de ser, portanto ninguém desigreja, apenas para de comungar.

Eu faço parte de uma missão (Instituto Intercessores do Brasil) que, entre outros assuntos, tem se dedicado ao resgate dos saídos (ditos desigrejados). Inclusive, dia 29/08, em Goiânia, estaremos realizando o terceiro encontro 99+1 “Resgatar Ovelhas: Uma Ordem” http://on.fb.me/1ONfUW1.

Os saídos da comunhão com suas comunidades locais realmente tem vários motivos para isso, mas tenho conversado muito com os saídos e estou convencido de que o problema é muito mais profundo e que estejamos só na superficialidade dele. Sim, estou reconhecendo a minha incapacidade hoje de tratar de forma profunda o assunto.

Contudo, me coloco a disposição aqui ou em outros lugares para continuarmos a discutir sobre o assunto. Só peço esse pequeno favor de não usarmos mais o termo “desigrejado”, mas “saídos das igrejas locais” ou simplesmente “os saídos”, sempre lembrando q eles saíram das igreja locais, mas não da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo! hehehe

Independente deste grupo, que da sua forma, tem buscado está em comunhão uns com os outros, mas sem formalizações institucionais, tenho me preocupado simplesmente com os saídos da comunhão com o Corpo. Estes sim estão vivendo sozinhos e sem acompanhamento. Sim, muitos deles também estão dentro das nossas estruturas formais ou “formalizantes” (neologismo-pejorativo em vingança pelo neologismo-pejorativo ‘dedigrejado’ rs…), mas não se sentem em comunhão com a comunidade local ou se enganam de estarem em comunhão.

Neste sentido, os “sem comunhão” muitas vezes não são “sem igreja”. E para mim este é o único problema em questão: ESTÁ EM COMUNHÃO é o centro da questão. Temos então a dicotomia: CONDIÇÃO e SITUAÇÃO.

Só há duas CONDIÇÕES: SER ovelha ou SER bode.
Então só há também duas SITUAÇÕES para quem é ovelha: ESTÁ em comunhão ou não ESTÁ em comunhão.

Sustento biblicamente as minhas afirmações aqui: https://www.facebook.com/intercessor/posts/954287407946997

Portanto, é imprescindível estarmos em comunhão com o Corpo de Cristo, participando da Ceia até que Jesus venha, para que estejamos fortes, saudáveis e despertos para com a realidade do Reino de Deus e a sua Justiça. Não há como escolher ter apenas comunhão com o CABEÇA e não querer ter comunhão com o seu CORPO.

Você pode até querer montar seu grupo de fé e informal, pode não querer mais formalismos, mas não pode querer andar sozinho. A caminhada do Evangelho não é individual, mas coletiva. Somos ovelhas e ovelhas andam em rebanho.

Por fim, digo que o que temos que fazer é ir atrás deste irmão que está vivendo longe da comunhão, hermitão, heremita da fé ou aquele que está ferido, desanimado, decepcionado etc. Ao meu ver são como ovelhas perdidas que estão andando por ai sem pastor (dentro ou fora de nossas instituições e comunidades).

Nesta 99+1 Goiânia, teremos os seguintes painelistas:
– Guilherme Burjack
– Wyndson Alencar
– Abrahão Soares
– Fábio Carvalho
– Wyclif Nobre
– Silas Nobre
– Suzana Castro
– Lu de Souza

Participe! http://www.intercessor.com.br.

Anúncios

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s