Levando Sopa nas Cracolândias de Goiânia


Minha experiência levando sopa para moradores de rua e usuários de drogas de Goiânia.

sopao

Quem assistiu ao filme Matrix sabe que o pior cego é o que não quer ver a realidade. Todos sabem que existe uma realidade social horrível chamada cracolândia, mas tocamos nossas vidas normalmente como se essa realidade não nos afetasse, julgando não ser necessário desligar a Matrix. Pois bem, ontem a noite eu resolvi enfrentar e ver o que é a Cracolândia de Goiânia.

Em Goiânia existe muitos grupos que trabalham a recuperação de dependentes químicos e moradores de rua. Um deles é o Pro-Ame da JOCUM (Jovens Com Uma Missão). Foi uma experiência impactante para todos nós.

Fomos para o PRO-AME e de por volta das 1h da manhã partimos para a antiga CPP, perto da rodoviária onde encontramos o primeiro grupo de mendigos. De lá fomos para outros grupos.

A barra começou a pesar quando chegamos na Avenida Paranaíba, de frente a Igreja Cristã Evangélica. Lá um rapaz armado (provavelmente traficante local) procurou saber se nós éramos uma ameaça, pois na noite anterior eles haviam sofrido um ataque: duas pessoas numa moto passaram atirando.

Encontramos outros grupos na Av. Independência e na Av. Goiás e subimos para a Crackolândia de Goiânia, que é no St. Campinas. Ai sim a barra é pesada, pois depois que os ônibus param de circular, os terminais da Av. Anhanguera ficam cheios de usuários e traficantes.

A gente sempre chegava com o pisca-alerta ligado e devagar para eles saberem que éramos uma ameaça. A cada nova abordagem de um novo grupo, uma tensão inicial grande. O líder do nosso grupo, o Ricardo do Pró-Ame, ia no carro da frente e já chegava se identificando.

A verem que era o pessoal do Pro-Ame, uns sorriam, pois conhecem o pessoal do Pro-Ame até por nome. Alívio geral, pois eles sabem que é dia deles serem bem tratados.

Esse é o Bonfim, gente! O mais velho da rua.“, dizia o Ricardo identificando um dos mendigos, que de tão bêbado não conseguia nem se sentar para tom
ar a sopa. Pela primeira vez o Bonfim quis sair da rua e ir para o Pro-Ame, mas infelizmente não existem mais vagas.

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s