Bandido Tatuado na testa? Não discuta! Estude Saul Alinsky e o livro que ele dedicou à Lúcifer


“The issue is never the issue. The issue is always the revolution.” (A causa nunca é a causa. A causa é a somente revolução) Jason Benham

Sobre essa inversão de valores que estamos vivendo, onde o bandido é a vitima e a vítima é bandido, é preciso entender a mentalidade psicopática de Saul Alinsky e a suas “Rules for Radicals” (Regras Para Radicais).

Alinsky influenciou ninguém mais e ninguém menos do que Barack Obama e foi praticamente o mentor intelectual de todo o Partido Democrata americano.

"O sistema que nós temos (a ordem social) é um sistema que vale a pena queimar" Saul Alisky no livro "Rules for Radicals" (Regras para Radicais)

“O sistema que nós temos (a ordem social) é um sistema que vale a pena queimar” Saul Alisky no livro “Rules for Radicals” (Regras para Radicais)

Até 1974, ano em que Alinsky morreu, ele tinha fundado 44 ONG’s (coração do poder revolucionário). Só uma ONG que produziram mais de 40 mil ativistas nos EUA.

Não entre nesse tipo de discussões sobre “o bandido tatuado”! É preciso entender para não entramos na pilha dos que estão querem usar o caso para destruir o sociedade e fazer triunfar a Revolução. Entenda as regras de Alinsky e veja que esse tipo de discussão só serve para fomentar a revolução através de suas 3 bases:

  1. A Desinformação;

  2. O Niilismo Político; e

  3. Assassinar a Reputação do Oponente.

Há uma palestra muito boa e eu recomendo que todos assistam: “A ascensão do esquerdismo na sociedade leva ao aumento da criminalidade.” Prof. Silvio Medeiros: https://youtu.be/i11taVO1hIY?t=15m2s

Alinsky dedica sua obra a Lúcifer

Leia um trecho da dedicatória da primeira edição do livro doutrinatório “Rules for Radicals.

“Devemos olhar para o passado e dar algum crédito ao primeiro verdadeiro radical. De todas as nossas lendas, mitologias e histórias (e quem sabe onde a mitologia termina e a história começa — ou mesmo, qual é o que?), o Primeiríssimo Radical conhecido pelo homem que se rebelou contra o sistema o fez de forma tão eficaz que pelo menos conseguiu seu próprio reino: Lúcifer”.

Agora me diga, para que discutir essa bobagem toda de bandido tatuado se sabemos que o que eles querem é a revolução? Não contribua com essa pragmatismo político marxista.

“Conhecer a mentalidade de Alinsky é perder a ingenuidade política.” Prof. Silvio Medeiros

Anúncios

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s