O Islã não é uma religião, é uma estratégia de conquista de territórios.


Aula com 1 hora e 51 minutos sobre o Islamismo

“Da mesma forma que os marxistas dizem que os grandes genocidas deturparam Marx, os defensores do Islamismo dizem que os terroristas deturparam o Corão.” Rodrigo Jungman de Castro em “O Islã é Anticristão”

“A melhor arma contra o inimigo, é outro inimigo.” Friedrich Nietzsche (1844 a 1900)

IslamismA esquerda ocidental e muito particularmente os globalistas, tem uma espécie de aliança de conveniência com o Islã, mediante a qual, o inimigo comum é o mundo ocidental e cristão, ha essa aliança tácita dos globalistas da esquerda Mundial com o Islã. O globalismo, o esquerdismo internacional de forma geral, tem indiscutivelmente o Islã, um aliado de ocasião para destruir a civilização ocidental.

Stalin, Lenin, Mao Tsé Tung, Che Guevara, Fidel Castro, enfim, todos os Comunistas sempre foram anticatólicos e anticristãos, contrários aos valores judaicos cristãos e por isso fizeram aliança com os Muçulmanos. A gente observa que o mesmo está acontecendo no Brasil, os partidos de esquerda aprovaram a lei de migração que tem o objetivo de trazer os Muçulmanos para o Brasil, para destruírem a religião cristã e os seus valores judaicos cristãos.

A Síria era cristã, o Afeganistão era Budista, o Egito era cristão, a Líbia era cristã, Santo Agostinho nasceu no norte dá África em uma cidade que era cristã, a Turquia já foi totalmente cristã, hoje todos esses países são Muçulmanos. O islamismo se implantou em todos esses lugares pela força da espada, matando e perseguindo cristãos.

A esquerda sempre foi contra o cristianismo e contra o judaísmo.

A civilização ocidental sempre foi a mais próspera, a civilização que levou conquistas benignas para a humanidade, direitos humanos, liberdades diversas, os direitos dos homens e tudo isso com uma fortíssima raiz cristã.

No ocidente surgiu um movimento humanitário liderado sobretudo por membros da igreja cristã, o ocidente, motivado por valores cristãos, foi o primeiro que aboliu a escravidão e as outras localidades não cristãs, só aboliram a escravidão pela pressão do ocidente. E vale dizer que a escravidão ainda existe no interior da África, no Congo e no Sudão, praticada por senhores Muçulmanos, mas ninguém vai falar disso né, que a correção política proíbe certas coisas.

Na Europa, a simples reprodução física dos casais de religião muçulmana lá radicados, que é altíssima, eles costumam ter; 4, 5, 6, 7, 8, filhos, enquanto que o Europeu nativo, mau consegue ter 2, em geral tem 1, quando tem 2 é uma maravilha e a demografia ensina que você deve ter 2,1 filhos para que a civilização se mantenha, quando cai abaixo disso, a civilização caminha para o colapso.

Daqui há algumas décadas, vai ser Eurabia, não vai ser mais a Europa como nós a conhecemos, vai ser Eurabia e tradições veneráveis como o voto, a defesa das minorias, como todas as conquistas que foram conseguidas na luta contra o racismo, contra a escravidão, enfim, tudo o que o ocidente conquistou, está seriamente ameaçado por uma cultura que a rigor não tem uma encarnação democratica, os países Muçulmanos não valorizam os direitos humanos.

A Europa só se salvará se ela começar a expulsar gente.

O  ocidente não é uma área geográfica, não é uma raça, ocidente, é uma ideia, uma concepção de mundo que nos devemos preservar a todo custo e acabar com essa patacoada de multiculturalismo e do politicamente correto de que todas as civilizações são equivalentes, não, não são, algumas civilizações são patentemente superiores a outras, evidentemente que são, não importa se na África, ou em qualquer outro lugar.

O cristianismo acabou com o infanticídio no mundo pagão, acabou com a luta de gladiadores, colocou um estigma sobre a prática do suicídio, o cristianismo melhorou muito a condição das mulheres, diga a esquerda a mentira que quiser, depois do Cristianismo as mulheres passaram a ser tratadas com mais dignidade do que em qualquer outra parte do mundo, o Cristianismo foi vital para a abolição da escravatura.

Na Índia tinha uma prática que, quando o marido morria, a viúva era queimada junto, o império Britânico cristão acabou com essa prática.

Não há nenhuma incompatibilidade entre o cristianismo e a racionalidade ou ciência, inclusive, a escolástica, sistema colossal de pensamento racionalista, teve um papel fundamental para preparar o terreno para a ciência ocidental desenvolver depois, na lua existem inúmeras crateras com nome jesuíta.

O Cristianismo fundou as primeiras universidades.

Os fundamentos da nossa civilização são: A Grécia, Roma e Jerusalém.

Até mesmo o capitalismo, a livre iniciativa, foi teorizada por religiosos de Salamanca na Espanha, muito antes de Adam Smith, até mesmo a teoria subjetiva dos preços,  que desmente aquela baboseira de mais valia, teoria do valor do trabalho de Mark, por exemplo, já era conhecida entre religiosos precursores do pensamento econômico na idade média.

A civilização ocidental foi a melhor produzida e ela tem como base fundamental, a religião cristã.

Você só consegue deter um sujeito disposto a morrer por Maomé, se você estiver disposto a morrer por Jesus Cristo, ou pelo menos pelo sistema de valores inaugurado pelo Cristianismo, se você estiver disposto a morrer por essa civilização ocidental, que é a nossa vida, que é a nossa   existência, que é o ar que respiramos, que devemos tudo, aí vamos deixar que a invasão Islâmica destrua tudo isto, Na Europa a situação está quase perdida, mas os Estados Unidos podem lutar, Israel ainda pode lutar, o Brasil ainda pode lutar.

Os globalistas comunistas são representados aqui no Brasil pelas esquerdas e muito particularmente pelo PSDB.

FHC é amigo particular de George Soros, o que está levando os Muçulmanos para a Europa é agora está trazendo para o Brasil, pelas mãos do PSDB.

Os globalistas, donos de empresas monopolistas, e das riquezas minerais que eles se apossam com a ajuda de FHC, no caso do Brasil,  querem um governo único Mundial, em que eles mandarão e explorão todos os seres humanos e irão controlar todas as riquezas do mundo, enquanto o restante da humanidade viverá em pobreza.

Aloísio Nunes com a concordância do seu partido, o PSDB e do Cristóvão Buarque do PPS, homem de extrema maldade que fez até um vídeo defendendo a lei de Migração, foram árduos defensores dessa lei.

Cristóvão Buarque se auto denominou o representante da nova esquerda Brasileira, composta por: PPS, PDT, Rede e PV e fez ate um vídeo defendendo a lei de Migração. Essa lei foi defendida por todas as esquerdas do Brasil.

Para os Comunistas, a civilização ocidental cristã é sua inimiga, por isso eles estão trazendo os Muçulmanos para destruir: os nossos valores de respeito a mulher, nosso direito ao voto, respeito as crianças, as liberdades de escolhas individuais,  etc.

Anúncios

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s