O real da vida deixou de ser humano


 

Na Matrix ao observar sombras na caverna,
não somos reais, somos personagens.
Tão superficiais, uma propaganda enganosa,
encenamos avatas e relacionamentos artificiosos.
Se a felicidade é aprovação de pessoas que nunca veremos,
viciamos-nos em desejar o que outros robôs nunca possuirão.
Nos coisificaram pra não sermos humanos,
pois é insuportável viver sem “likes”.
No “black mirror” exigimos respeito,
o real da vida deixou de ser humano.

Wesley Porfírio

Trace os seu objetivos:

O que você quer ser? Você é o que você faz!

 

Anúncios

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s