Ricardo Amorim: “Em Cuba só funcionam três coisas…” E a liberdade?


Como seria se no Brasil só funcionasse a saúde, educação e a segurança pública no padrão Cuba?

Dia 02 de julho de 2018, circulou pela Internet um clip de 15 segundos do Ricardo Amorim no Manhattan Connection onde supostamente ele estaria elogiando Cuba por causa de sua saúde, educação e segurança.

Pronto! Foi o suficiente para toda a imprensa esquerdista (Brasil247, Diário de Centro do Mundo, Midia Ninja…) comemorar o reconhecimento da vitória da Revolução em Cuba, pois para a imprensa revolucionária um vídeo de 15 segundos não é uma declaração deslocada do contexto da realidade, mas já pode ser considerado uma afirmação de que Cuba é um paraíso humano reconhecido até pela direita.

Agora, imagine um Brasil sem liberdade de expressão, sem mercado, sem perspectiva de melhoras e sem WhatsApp para poder mandar esse vídeo do Ricardo Amorim e sem Internet para pesquisar a realidade dentro e fora do Brasil.

Você venderia a sua liberdade por uma saúde que o governo quer te dá, por uma educação que o governo quer que você tenha e por uma segurança ao ponto de você não poder nem fugir do Brasil?

Olha só que legal sermos escravizado no Brasil por um governo tirânico a mais de 60 anos, onde os médicos são usados como moeda de troca. Você faz medicina durante 8 anos e o governo brasileiro te manda para outro país, longe do Brasil, onde você vai ganhar apenas 20% do salário pago e o governo brasileiro que é o seu dono fica com 80%.

Veja a Realidade em Cuba que os esquerdopatas ignoram:

Agora, rapidinho eu fui ver a realidade em Cuba pelo YouTube. O funcionalismo público é o setor que mais emprega: 7 de cada 10 trabalhadores são funcionários públicos.

Há muitos documentários que mostram mais informações sobre Cuba, então vi que o Ricardo Amorim está errado. Não é só saúde, educação e segurança que funcionam em Cuba. Não vou falar para não estragar a sua pesquisa:

Em poucos minutos qualquer pessoa normal chega a conclusão de que para termos educação, saúde e segurança, não compensa seguirmos o exemplo de Cuba. Não, obrigado! A minha liberdade não está a venda!

Assista e tire a prova do como é viver em Cuba com saúde, educação e segurança:

Como é ser médico em Cuba, mas ter que ser taxista para ter saúde, educação e segurança:

Como é viver sem Internet, Netflix, Spotify em Cuba, mas ter saúde, educação e segurança:

Agora, se isso é bom pra você, quem sabe você deva morar em Cuba ganhando 20 dólares por mês para provar que consegue ser feliz vivendo aquilo que você acredita: só ter saúde, educação e segurança.

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s