Três Inovações Tecnológicas que Podem Ser um Perigo para a Humanidade


Ainda estamos vivendo o início da Indústria 4.0, mas o que vem pela frente?

Através de alguns vídeos você verá como será a nova Revolução Industrial, seus benefícios, mas poderá também analisar alguns possíveis malefícios

De forma bem pragmática e longe de sensacionalismos de teóricos da conspiração, sabemos que o homem sempre usou os avanços da ciência para curar como também para roubar, matar e destruir.

Portanto, a 5ª Geração da Revolução Industrial (Indústria 5.0) promete trazer uma vida melhor para toda a humanidade, contudo, há muitos céticos preocupados com os perigos do avanço tecnológico que poderão interferirem negativamente na vida de toda a humanidade.

Toda a humanidade se beneficia quando a ciência avança e a tecnologia nos trás mais conforto, saúde, segurança e conhecimento. Porém, precisamos pensar nos problemas que podem ser causados com isso. Precisamos discutir o que é melhor para o ser humano e nos antecipar quanto a possíveis problemas causados pelo mau uso tecnológico.

Antes de mais nada, assista ao vídeo a seguir:

Separamos 3 inovações tecnológicas preocupantes. Elas aparentam serem muito boas, mas podem gerar problemas de saúde em escala global, podem permitir o controle financeiro nas mãos de poucas empresas e pode acabar com a nossa liberdade individual.

O Perigo da Conexão 5G:

Os benefícios esperados pela conexão 5G são impressionantes, contudo, por que alguns países como a Holanda e a Suíça suspenderam a sua implementação? Quais os estudos que comprovam que a emissão da radiação das novas antenas 5G não são maléficas para o ser humano?

Veja o vídeo:

O Perigo do Dinheiro Global:

Parece ótimo temos um único dinheiro válido no mundo inteiro, certo? Você poderia fazer compras em Dubai ou no Marrocos e pagar o mesmo valor e a mesma tarifa, sem impostos e sem interferência de governos ou banco-centrais. Mas quem detivesse o poder de controlar esse mecanismo, seria literalmente o dono do mundo.

Veja o vídeo:

O Perigo da Internet RuNet: 

A existência da internet como a conhecemos se dá em virtude de acordos internacionais. Os EUA detém a gerência, embora através de uma organização autônoma, dos servidores de DNS raiz da internet, mas o que pode acontecer se a Rússia fizer como a China e quiser criar a RuNet, uma Internet só dela? Será que a RuNet poderá interferir e afetar a Internet como um todo?

Veja o vídeo:

“Graças a estes servidores, à estrutura de cabos submarinos e roteadores que provém os links de conexão internacionais, podemos hoje encontrar um site através de um endereço de camada de aplicação e não um endereço de camada de rede, e estabelecermos uma conexão.

A China mantém uma conexão com o mundo externo da internet mediante uma série de camadas de firewall. Na realidade, a internet da China e de outros países comunistas são segregadas. Nós não podemos ver o que eles fazem, mas eles, em nome da boa vontade entre os povos, podem manter conexão irrestrita com servidores fora do seu perímetro militarizado. Eles a quem me refiro não são o povo chinês, mas seus algozes do partido comunista. Não é surpresa que mais da metade dos ataques cibernéticos vêem da China e da Rússia. Tal problema de quebra de patentes, espionagem industrial, roubo de informação classificada e ataques a estruturas de serviços essenciais no ocidente, mais notadamente nos EUA, seria solucionado simplesmente cortando fisicamente a conexão destes países com a internet.

A UE está implementado regras que segregarão a internet no conglomerado de países membros. E sabemos que nenhum país contrário a este intendo poder fazer alguma coisa dada a situação jurídica da UE que os tornarem reféns de seus governantes não eleitos.

Vladmir Putin agora afirma que a Rússia irá seguir os passos da China e planeja segregar sua internet. Segundo ele por “puro amor à liberdade”. Vladmir lidera porém um movimento mais pernicioso. Ele acusa os EUA de ingerência na rede, e quer tomar as rédeas da internet. Na realidade ele quer criar sua própria internet.

Vemos com isso que a internet é uma plataforma mais frágil do que se pensava. A NOM, e seus meta-capitalistas das Big Techs já têm hoje suas próprias telcoms. Suas redes são quase que prioritárias. No frigir dos ovos eles já têm sua própria internet. Muitos deles com redes de satélites de baixa altitude (dirigíveis na realidade), espalhados pelo mundo que não necessitam de uma conexão direta com nenhum backbone da internet convencional exceto para tráfegos entre os tais backbones.

Uma vez que a razão de ser da internet, para os meta-capitalistas, é a implementação da centralização total. Eles já começam a deixar em prontidão o plano B. Dilacerar a internet em pedaços.

Se não puderem implementar o governo global, eles tratarão de cortar os meios de comunicação que possibilitaram a tomada de consciência simultânea de dezenas de milhões de pessoas.”

Fonte: https://www.facebook.com/OlavoHomenagem/photos/a.468640933575027/711079969331121

RESUMO

Esses novos avanços tecnológicos podem ser muito bons, mas também podem fragilizar a segurança de toda a humanidade e contribuir com a criação de um governo global ou, como os estudiosos do assunto costumam falar, a criação do Governo da NOM (Nova Ordem Mundial).

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.