Tratamento Preventivo com IVERMECTINA: Comprovação Científica de 89% de Eficácia


Já há comprovação científica para o Tratamento Preventivo da Ivermectina

A comunidade científica monitora em tempo real 46 estudos clínicos em todo o mundo sobre o uso da ivermectina no tratamento preventivo e precoce do COVID-19

Na verdade, já há estudos científicos sobre todas as drogas que estão a ser utilizadas no mundo no tratamento preventivo e precoce ao COVID-19, mas o lobby dos grandes laboratórios não deixam a grande imprensa divulgar.

Contudo, a comunidade científica internacional alimenta e monitora um banco de dados em tempo real em: https://c19early.com.

Já são monitorados em tempo real e meta-análise de 335 estudos sobre o COVID-19 (pesquisado em 24/03/2021, data desta publicação) com ivermectina, hidroxicloroquina, Vitamina D, Zinco, entre outras drogas.

Segundo o site dos cientistas, sobre a comprovação científica da EFICÁCIA do uso profilático da IVERMECTINA, já há no mundo 46 estudos científicos feito por 371 cientistas com 15.480 pacientes.

Até agora, 100% desses 46 estudos relatam efeitos positivos (22 estudos estatisticamente significativos de forma isolada).

A meta-análise de efeitos aleatórios para tratamento precoce e efeitos combinados, o uso da ivermectina mostra uma redução de 79% da carga viral.

No uso profilático (preventivo) da ivermectina, os estudos mostraram até agora uma melhora de 89%.

Quanto aos resultados de mortalidade mostram mortalidade 75% menor, para todos os atrasos de tratamento e 84% menor para tratamento precoce.

100% dos 24 Ensaios Controlados Randomizados (RCTs) relatam efeitos positivos, com uma melhora estimada de 70%.

A probabilidade de um tratamento ineficaz gerar resultados tão positivos quanto os 46 estudos até o momento é estimada em 1 em 70 trilhões (p = 0,000000000000014).

A pergunta que não quer calar é:

Por que ainda há médicos, políticos e jornalistas negando que já há comprovação científica para o tratamento preventivo com a ivermectina? Desconhecimento ou má fé?

Outra questão:

Por que a OMS não divulga que há essa comprovação científica da eficácia da ivermectina nos tratamentos preventivos e precoces contra o COVID-19?

Obviamente a ciência não está presa a dogmas ou ideologias e todos os dados apresentados podem ser contestados cientificamente apresentando a contra-prova.

Comprometo-me a publicar neste site a contra-prova, caso ela realmente exista.

O que importa não é provar quem está certo ou errado, mas salvar vidas.

O que não podemos é omitir as informações que já há comprovação científica para o uso da ivermectina, como a imprensa vem fazendo deliberadamente.

O fato é que, com o nível de 89% de eficácia e segurança da ivermectina, muitos médicos tem salvo vidas com o tratamento preventivo e precoce, como comprovam os 46 estudos científicos.

Fontes científicas: https://ivmmeta.com.

Tradução, organização e texto: Wesley Porfírio em https://wp.me/pldIO-1Ii.

Comenta aê!

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.